Páginas

segunda-feira, 3 de maio de 2010

EUA retiram remédios pediátricos de circulação

Restrição não afeta medicamentos vendidos no Brasil


O laboratório McNeil Consumer Healthcare, filial do grupo Johnson &  Johnson, anunciou neste sábado (1º) a retirada de circulação de vários lotes de remédios pediátricos comuns, como Tylenol ;e o Benadryl , por problemas de fabricação. A autoridade de medicamentos dos Estados Unidos, a FDA, anunciou a abertura de uma investigação e aconselhou os consumidores a deixar de consumir estes medicamentos imediatamente.

A decisão envolve lotes distribuídos nos Estados Unidos, Guatemala, República Dominicana, Porto Rico, Panamá, Trinidad e Tobago, Jamaica, Canadá, Dubai (EAU), Ilhas Fiji e Kuwait.

A Johnson & Johnson do Brasil anunciou, por meio de sua assessoria, que as restrições não afetam o produto Tylenol vendido no país. A empresa alerta os consumidores que compraram o mecicamento naqueles países para que entrem em contato com a empresa, caso tenham dúvidas.

Na lista remédios pediátricos que serão recolhidos estão, além do Tylenol, o Motrin em gotas, o antialérgico Zyrtec e o xarope Benadryl.

Segundo a Johnson & Johnson, ocorreram incidentes com alguns lotes destes produtos e a retirada foi decidida por precaução.

Em janeiro deste ano a empresa já tinha anunciado dois recalls de vários medicamentos, entre eles o analgésico Tylenol. Os produtos estavam com cheiro de mofo e causaram reações adversas nos consumidores. Mas, naquele mês, as restrições também não afetaram os produtos vendidos no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário