Páginas

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Idosos que tomam medicamentos da forma incorreta têm mais chances de sofrer quedas

Essas pessoas caem 50% mais vezes do que as que seguem a medicação


Idosos que não tomam seus remédios da maneira correta têm mais chance de sofrer uma queda do que os demais. Essa é a conclusão de um estudo publicado na última edição da revista científica Journals of Gerontology
.
Os pesquisadores avaliaram moradores com mais de 70 anos da cidade norte-americana de Boston. Eles descobriram que aqueles que não tomavam corretamente a medicação caíram cerca de 50% mais vezes do que aqueles que tinham alta adesão a seus tratamentos.

Segundo a autora do estudo, Sarah Berry, cientista do Instituto de Pesquisa do Envelhecimento de Boston, as quedas podem ser consideradas como mais uma das consequências relacionadas à medicação irregular.

A falha dos pacientes em seguir direito a prescrição médica é considerada o problema número um no tratamento de doenças em todo o mundo. Pesquisadores da Universidade da Flórida chegaram até a anunciar uma pílula com um chip que avisa quando o remédio é ingerido.

Já os pesquisadores de Boston avaliaram 246 homens e 408 mulheres com uma idade média de 78 anos entre os anos de 2005 e 2008. Desse total, 376 reportaram 1.052 quedas.

Os idosos eram considerados com baixa adesão à medicação quando se esqueciam de tomá-la ou então quando a dispensavam pelo fato de se sentirem bem. Entre as pessoas avaliadas, 48% não tomavam a medicação corretamente. E esses idosos sofreram quedas com uma frequência maior do que os demais.
Segundo Berry, essa relação se manteve a mesma independentemente da idade, do sexo e da quantidade de remédios.

- Como é simples e comum não tomar os remédios, os responsáveis devem discutir essa questão com seus pacientes.


Fonte: R7


Nenhum comentário:

Postar um comentário