Páginas

terça-feira, 29 de junho de 2010

Inverno, tempo de emagrecer

Durante os meses frios, corpo gasta mais calorias para manter a sua temperatura. Por isso, a estação do ano pode favorecer quem deseja perder peso. Mas é preciso ficar muito atento para não ceder ao aumento de apetite

POR CLARISSA MELLO


Sopa de ervilhas é boa pedida: aumenta a saciedade
e tem vitaminas | Foto: Márcio Mercante / Agência O Dia


Rio - Se você acha que a melhor época para emagrecer é primavera e verão, pode começar a rever seus conceitos. De acordo com especialistas, são os dias frios que fazem com que o corpo perca mais calorias. Mas é preciso atenção: os benefícios do inverno só funcionam para quem consegue controlar a boca. Segundo o nutrólogo e clínico geral Alexander Gomes, nos dias mais frios o organismo gasta cerca de 10% a mais de calorias para manter a temperatura. Por isso, há tendência de sentir mais fome.

“O problema é que as pessoas exageram. Escolhem logo uma feijoada, um doce, e ainda param de fazer exercícios físicos porque sentem preguiça”, afirma Gomes. A nutricionista do Centro de Nutrição Equilibra, Ana Cristina Teixeira, explica que o ideal é fazer trocas inteligentes: ao invés de chocolate quente, prefira um chá de ervas. No lugar do sanduíche, opte por uma sopa de legumes.
Uma boa pedida, por exemplo, é a sopa de ervilhas. “A ervilha é rica em pectina, uma fibra solúvel que aumenta a saciedade e auxilia no bom funcionamento do intestino. Também é fonte de vitamina C, B6, tiamina, potássio e ácido fólico”, salienta Karine Rabaiolli, nutricionista da Substância, empresa de gastronomia light (Delivery: 2245-3045).
“Se as pessoas mantiverem a mesma alimentação do verão, com saladas frescas, sucos, comidas leves, elas vão emagrecer. O inverno é uma ótima oportunidade para isso, a pessoa pode contar com a ajuda do metabolismo mais acelerado”, aconselha Ana Cristina.
Não basta escolher os alimentos certos. Quem quer aproveitar o inverno para perder os quilos a mais precisa investir também em atividades físicas. “Pessoas sedentárias podem conseguir bons resultados se escolherem esta época para iniciar programa de exercícios físicos”, garante o coordenador técnico da Academia da Praia, Marco Antônio Ferreira.
De acordo com o especialista, os resultados dependem da intensidade das atividades. O inverno permite exercícios mais intensos, uma vez que a temperatura ambiente, mais amena, favorece. Por isso, o gasto calórico é maior.
“Se você aliar a atividade a uma alimentação balanceada e orientada, você pode induzir seu corpo a gastar gordura. No frio, a tendência natural do organismo é buscar mais alimento e acumular gordura, que é o isolante térmico natural, portanto, só o exercício não resolve”, conclui Ferreira.

DICAS

RESISTA À GULA

Adapte a sua alimentação no tempo frio. Resista aos alimentos pesados e gordurosos, que podem provocar sono e preguiça.

TROCA INTELIGENTE

Faça escolhas inteligentes. Troque o molho branco pelo vermelho, à base de tomate, com mais nutrientes. Prefira uma sopa de legumes na hora do jantar e fuja dos sanduíches. Ao invés de chocolate quente, beba um chá de ervas.

EXERCÍCIO NA HORA

Escolha horários certos para a prática de exercícios. Fuja de extremos. O ideal é que não seja nem muito cedo, nem muito tarde. As baixas temperaturas podem desanimar a saída de casa para fazer ginástica.

BRISA DA PRAIA

As atividades ao ar livre são uma boa opção, devido ao clima ameno que faz os exercícios parecerem mais leves. Aproveite a brisa da praia para caminhadas com ritmo intenso.



Fonte: O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário